topo

Postado em 23 de Julho às 15h37

Marketing para e-commerce: e-mail Marketing e SEO

Sistema de gestão ok, plataforma de e-commerce também! Mas e agora, como colocar a máquina para girar?
Foi-se o tempo em que o marketing era considerado atividade “apêndice” de um negócio. Em tempos de pandemias e correrias, além de ter um e-commerce, o lojista deve pensar em como estruturar toda a parte de divulgação dos produtos que estão em sua loja online e isto somente se dará através do marketing.
Em muitos modelos de negócio, o marketing anteriormente era sempre um dos primeiros investimentos a ser cortado ou aquela função que o “sobrinho do chefe” assumia. Porém com a alta concorrência na web, o setor de marketing, além da responsabilidade de comunicar produtos, passa a ter uma bela participação nas vendas!
Por meio da tecnologia, hoje é possível estar presente em diversos canais de forma simultânea, fazendo com que o monitoramento da marca seja imprescindível para a criação de valor, leia-se, para sua empresa não estar detonada por aí, assim como a atenção à parte estratégica do marketing é fundamental para a sobrevivência de sua loja.
Mas e por onde começar? Hoje iniciaremos com duas partes super importantes para fazer seu e-commerce ganhar visibilidade e ter os primeiros acessos! Acompanhe a seguir!
E-mail Marketing
Sabe o sistema de gestão ou CRM que você usa em sua loja? 
Lembre-se de ter todos os dados dos clientes atualizados. Sim, nós sabemos que isto dá um certo trabalho e vamos mostrar a você o motivo.
Já pensou em enviar no Dia dos Pais, por exemplo, somente produtos para mulheres que são casadas e que moram em um determinado bairro? Tendo estes dados em mãos, geralmente seu sistema gera um arquivo em formato .csv e você pode importar estes dados para dentro da uma ferramenta de disparo de e-mail marketing, para deste modo, conversar somente com esse público, nesta data específica.
A boa notícia: existem diversas ferramentas gratuitas para disparo de e-mail marketing, das quais sua loja pode desfrutar, em média, de 2000 contatos importados de sua base gratuitamente, para então, iniciar o relacionamento com seus clientes de modo super personalizado.
Inclusive vamos deixar duas delas aqui para você testar hoje mesmo! e-Goi e Mail Chimp.
SEO
Quando você, lojista, precisa encontrar algo hoje em dia, geralmente vai pesquisar onde? Sim, no Google (ou Bing, Yahoo, dentre outros buscadores).
Para que sua loja online seja localizada com mais facilidade, é preciso aplicar técnicas de SEO (do inglês, Search Engine Optimization), o que nada mais é do que a otimização para mecanismos de pesquisa.
Quando as estratégias de SEO começaram a surgir, os programadores utilizavam essa “otimização” de modo a favorecer os robôs do Google para que os sites ganhassem, de modo orgânico, ou seja, sem investimento financeiro em campanhas pagas de publicidade, as primeiras posições dentro das plataformas de busca, pela forma como eram arquitetados e posteriormente, desenvolvidos.
Entretanto, atualmente, os fatores de ranqueamento dos buscadores mudam bastante e a todo tempo, justamente para melhorar as tecnologias utilizadas, mas principalmente a fim de priorizar os sites que oferecem uma melhor experiência para o usuário.
Por esta razão, o foco no usuário, e não nos buscadores, deve ser um processo de melhoria contínua. Para isso, o melhor para quem está começando com uma loja online é investir em  plataformas pré-configuradas de e-commerce, as quais oferecem pessoal especializado no desenvolvimento, além de geralmente ter  um time de SEO à postos para estar sempre por dentro das últimas atualizações.
Caso opte por desenvolver uma loja online do “zero”, seu negócio corre o risco de depender de um programador fulltime para manter seu e-commerce sempre otimizado de acordo com as melhores práticas utilizadas atualmente, e sinceramente, isso não é necessário se você ainda não é um grande varejista.
Lembre-se, inclusive, de não escolher plataformas para o seu e-commerce somente pelo preço, pois isso irá influenciar diretamente nas suas estratégias de busca orgânica dentro dos buscadores, afinal, podem  não ser as melhores. Neste caso, o lojista corre o risco de economizar na plataforma e ter que investir posteriormente em mídia digital paga.
É de suma importância que seu e-commerce inicie sempre com o básico de qualquer nova etapa em um negócio, com uma gestão de projeto mínima, identificando inicialmente as metas e objetivos da loja online, quais os segmentos e tipos de clientes deseja atingir, além de criar planos com ações específicas para a construção de estratégias de conversão, para então iniciar a implementação e otimização das duas primeiras dicas que citamos nesse artigo.
Daqui a alguns dias, vamos publicar mais alguns posts focados especificamente na alavancagem do seu e-commerce! Fique de olho por aqui e aproveite nossos conteúdos para decolar sua loja virtual!

Veja também

4 Dicas para Evitar Fraudes em seu e-commerce!25/03 Com a pandemia do Coronavírus Covid-19, as compras online tiveram um aumento significativo no Brasil, muitos lojistas lançaram cupons de desconto e até mesmo frete grátis para alguns produtos. Mas, diante a tanta informação e fake news o lojista precisa ficar atento. Para o lojista que possui uma loja virtual, é de suma importância estar atento no que......
6 Dicas Quentes para não errar na Black Friday!19/11/19 A Black Friday se aproxima e esta é uma das datas, se não “a data”, mais importante atualmente dentro do calendário comercial varejista. Com a finalidade de incrementar de maneira substancial os negócios em sua......

Voltar para Blog do Lojista